3 designers e 2 gatos!

Café e Instagram? Sim, por favor!
Os meus dias começam, muitas das vezes, com café e instagram. O meu cérebro ainda não está apto a ser produtivo, tudo se move devagar e eu preciso de algo me ajude a acordar de uma maneira feliz. Estas jornadas matinais de instagram fazem isso mesmo, é simples, rápido e bonito.

 No entanto, deixa-me sempre a pensar se estou a fazer o melhor uso do meu instagram. Não se estou a publicar muito ou pouco, se tenho muito ou pouco feedback mas se eu seguiria a minha própria conta. Eu gosto de mostrar o melhor dos meus dias sem fazer spam, nem querer vender o que faço mas quero mostrar-vos o que ando a fazer... Estão a perceber o meu dilema? Isto faz sentido? :p

Então procurei 3 contas de designers que gosto muito e mais do que ver, tentei perceber. Há contas que mostram mais trabalho, outras mais o dia-a-dia e percebi eu sigo dos dois tipos! Há espaço para tudo e quando me mostram muito trabalho, desde que seja genuíno e faça sentido, não sinto que me estão a tentar vender nada. 

Decidi então mostrar-vos estas contas que tanto me animam as manhãs! São 3 contas de designers e uma com dois gatos, porque quem é que não gosta de gatos?


 Esta conta vem de LA e pertence à Jen Peters, vão lá espreitar as coisas bonitas que ela faz!


Esta conta pertence à Breanna Rose, uma designer e directora de arte que já acompanhamos há uns anos!

O Adam Kurtz tem uma conta cheia de cor, mensagens e pins bonitos, tudo vindo directamente de NY.

Por fim, o Cliff and Neel que são dois gatos amorosos que nos deixam derretidos a cada frame!

Eu decidi partilhar toda esta reflexão e estas contas convosco porque achei que, se eu me pergunto várias vezes se podia/devia partilhar mais isto ou menos aquilo, então vocês também devem ter as mesmas questões. As respostas estão no vosso feed, analisem-no e percebam que tinham as respostas debaixo do vosso nariz todas as manhãs. Sejam tudo aquilo que mais admiram.

Boa quarta-feira, pessoas bonitas!
Fred*

dos fins-de-semana bons


Ainda na semana passada vos falava da importância de planearmos os finais do dia com coisas boas, para termos dias mais felizes e motivadores no trabalho. Para além dos finais de dia, os fins-de-semana também não nos deixaram, e continuam aí com 2 dias inteirinhos para aproveitarmos da melhor maneira. Neste fim-de-semana que passou fizemos isso mesmo e fomos mais uma vez à casa que nos acolheu também nos nossos últimos dias de férias.

Eu acho que é mesmo uma sorte ter uma casa de férias. Podermos sair da nossa casa mas encontrar outra que nos é igualmente familiar, acolhedora, e onde não estranhamos nada. Estar a poucas horas de casa e ter ali perto outro refúgio onde o trabalho não entra e onde o que nos rodeia é muito diferente da vida que temos na cidade. Invejo as pessoas que o podem fazer, e posso dizer-vos que é um dos meus sonhos, ter uma casa de férias. 

Estas coisas são difíceis de alcançar, provavelmente nunca vai acontecer, e com isso vou ter de saber lidar muito bem, até porque é um sonho e como sabemos nem todos se realizam e está tudo bem!
Tenho a sorte de ter uma casa pertinho do nosso Porto que, apesar de não ser minha, recebe-me muitas vezes e podemos sempre ir lá passar mais um fim-de-semana. Hoje mostro-vos algumas imagens da casa que foi remodelada com muito gosto e carinho, nota-se em cada detalhe, e que nos leva para longe da vida na cidade.

Das janelas vemos o rio Douro, até da janela da casa de banho, enquanto lavamos os dentes, e no interior temos muito verde. Um dos aspectos mais bonitos da casa é o facto de estar directamente ligada ao exterior, já que para saltarmos de divisão em divisão temos de passar pelo corredor que tem janelas para o jardim, ou fica mesmo sem elas, se as tirarmos como vocês podem ver nas imagens. 

Aqui também está quase sempre bom tempo, e por isso é normal sairmos aqui do Porto com um céu cinzento a ameaçar chuva e encontrarmos lá um céu azul com o sol quentinho.



Esta casa bonita está cheia de detalhes, dá vontade de mostrar tudo mas vou trazendo a casa aos bocadinhos, de cada vez que lá for. Eu acho linda e só penso na pena que tenho de não poder ver, por exemplo, a casa da minha bisavó a ter o mesmo fim. Era bonita, era o nosso local de encontro no verão, e há muitos anos que simplesmente não tem vida. Esta teve outra sorte, continua viva e continua a ser o ponto de encontro de todos os que ali viveram um dia, ainda miúdos.

Espero que tenham aproveitado muito o fim-de-semana, e que venham cheios de energia para mais cinco dias de trabalho.

Ser turista na minha própria cidade!

Um das coisas que mais gosto é ser turista na minha própria cidade. Isto não quer dizer ir até à Ribeira e perder-me no meio uma multidão, prefiro seguir por ruas que nunca caminhei apenas de câmera em punho. 

Na última sexta-feira foi o aniversário da querida Daniela (que cria música comigo em Oh Honey). Larguei tudo e fomos passear pelo Porto, acabando numa das minhas zonas preferidas, o Passeio Alegre, onde o rio passa a ser mar. Rimo-nos muito, as ondas molharam-nos de surpresa, dedicamos tempo uns aos outros e tivemos um dia perfeito. 







 Este post serve para vos lembrar de que às vezes não é preciso fugir para longe para nos enchermos de memórias boas. E também para vos desafiar a perderem-se nas vossas cidades, escolham uma zona que gostem muito, levem a câmera e amigos convosco e façam memórias boas.

Identifiquem-me nas fotos bonitas que fizerem este fim-de-semana, para eu também me perder um pouco convosco <3

Tenham um fim-de-semana lindo,
Fred

Como regressar ao trabalho depois das férias

Já todos sabemos que o que é bom acaba depressa, e que as férias então passam a voar!
As nossas foram mais uma vez no nosso querido mês de Setembro mas, este ano, custaram muito a chegar e passaram num piscar de olhos.
Muitos de nós vivem este mês de Setembro em modo segunda-feira, outros voltam cheios de energia, e por isso nós decidimos escrever para os primeiros, os que precisam de uma luzinha ao fundo do túnel para voltar ao trabalho e à vida de sempre.

Quando chegámos, e mesmo tendo avisado todos os clientes de que estaríamos ausentes, tínhamos mais de 90 e-mails para responder, alguns deles de clientes queridos que também estavam de regresso, com um bocadinho de mau humor e já a prever a loucura e o caos de sempre a instalar-se. Para todos os que se sentem assim, vamos lá contrariar a história e começar isto da melhor maneira.
Aqui ficam 5 dicas nossas, para que este regresso ao trabalho seja simples e feliz!
1. Pequenas tarefas
Não vamos assustar a cabeça e os sentidos com o regresso ao trabalho, que foi mais ou menos como eu fiquei quando vi os 97 e-mails por responder. Entrei cheia de vontade no escritório, abri as janelas e deixei entrar o sol, sentei-me na mesa arrumada e abri o e-mail. A minha cara de felicidade matinal mudou para outra coisa qualquer, muito menos simpática. Levantei-me e fui à cozinha arrumar a loiça que estava na máquina.

Fugi do meu problema para a cozinha, mas não podia passar o dia nisto e tinha mesmo de voltar ao escritório antes que os e-mails passassem a barreira dos 100. Respirei fundo, acalmei a Raquel nervosa que há em mim e depois pensei, vou só responder aqui a uns e-mails, é só uma tarefa, depois desta penso nas outras.
Ou seja, a história da big picture não é chamada para o regresso ao trabalho, aqui o importante é pensarem na tarefa e não nas tarefas, nos objectivos e nas consequências. Fazer uma coisa de cada vez, com calma e focarmo-nos apenas no que estamos a fazer no momento, vai levar-nos mais longe e mais rápido. Se assim for vamos fazendo tudo e passando de umas para as outras sem panicar :p

2. Escritório arrumado
Mais importante do que as limpezas da Páscoa, são as limpezas do escritório depois das férias (a minha avozinha se ouvisse isto não concordaria) e por isso deve ser a primeira coisa a fazer antes mesmo de irem de férias ou mal cheguem.
Eu organizei o meu no primeiro dia de férias, já que o último dia de trabalho acabou eram 3 da manhã, e esses últimos dias foram tão cheios que havia papelada por todo o lado, até no chão. Limpar e arrumar tudo deu-me muito prazer, e assim custou menos voltar porque encontrei um espaço arrumado e limpo.
3. Agenda nova
Os miúdos vão para a escola e têm direito a tudo novo. Nós não precisamos de tanto, até porque sabemos que não é nas coisas materiais que vamos arranjar mais vontade de trabalhar, e lápis e canetas novos todos os anos seria só um grande desperdício de dinheiro.
No entanto, uma coisa que é importante ter limpinha e nova é a agenda. Parece-me mais importante renovar a agenda depois das férias do que em Janeiro, no início do novo ano, porque as coisas no trabalho funcionam mais ou menos como nos anos lectivos, as pausas e os recomeços estão nas férias grandes (mesmo que estas já não tenham 3 meses).

4. Rotinas felizes
Aqui não há regras e cada um sabe aquilo que lhe faz bem. Um café bem forte, ir caminhar pelo bairro, ler um livro, ver uma série ou fazer um bom passeio de bicicleta.
Se é o cheiro do café pela manhã, façam-no mal saiam da cama, com calma e tempo, para o saborearem sem andarem sempre a correr. Se é o banho à noite com luzes quentinhas pela casa então façam-no e percam muito tempo neste bocadinho. O importante é fazerem de uma coisa que gostam muito uma rotina, que aconteça todos os dias ou pelo menos algumas vezes por semana, e não uma coisa que acontece quando o rei faz anos.

5. Planear os finais de dia
As férias já foram, é verdade, mas não vamos dramatizar até porque num dia cabem muitas coisas. Sempre que voltamos parece que o que nos espera são dias fechados no escritório a trabalhar, lamentamos o final daqueles dias em que podíamos fazer tudo o que nos apetecesse, mesmo que fosse nada.  A boa notícia é que ainda podem fazer tudo o que quiserem depois do trabalho! E sim, depois do trabalho ainda há tempo para fazer muita coisa, e se planearem estas horas com coisas que vos deixam felizes vão passar o dia mais bem dispostos porque afinal de contas o melhor ainda está para vir, e é já dali a umas horas.


Espero mesmo ter ajudado alguém com este post porque eu precisava dele logo naquela manhã de segunda-feira ;)
Se tiverem mais dicas serei toda ouvidos, eu e o Fred que também agradece este tipo de conversas aqui pelo blog.

Espero que a vossa semana esteja a ser boa e muito feliz!
Raquel 

Uma semana no Alentejo


É verdade, estamos de volta! As férias passaram a correr, pareceram até curtas, mas foram felizes e suficientes para nos deixarem carregar energias. Este ano, como nos anos anteriores (vejam aqui e aqui), fomos até à nossa querida costa Alentejana, com amigos, dias longos, cocktails nas mãos e pés na piscina. Apesar de termos estado desligados do que se passava online, as câmeras vieram connosco e registaram os nossos dias. Hoje, no dia em que voltamos a esta nossa casa, trazemos algumas fotos desses dias para partilhar convosco.