(não vamos ensinar ninguém a fazer bolos mas, tal como na culinária, seguir os passos de uma receita é meio caminho andado para tudo correr bem!)

1. Define o que queres realmente dizer.

Antes de começarmos a desenhar um blog convém definirmos o que queremos dizer a quem nos virá visitar. Os conteúdos são a parte mais importante do blog, ainda que estejamos cheios de vontade de ver as coisas começarem a aparecer. O primeiro passo é por isso decidir do que vamos falar, e definir assim o tema do nosso blog.

2. Faz uma lista dos elementos que precisas para criar o teu blog.

Fazer uma lista de todos os elementos que são necessários para a criação do blog é bom para te organizares e para repensares os conteúdos. Podes precisar de um logo, se tiveres uma marca associada a ele, de um header com imagens, ilustração, páginas para os diferentes conteúdos, tags, etc…
Este passo deve ser feito tento em conta todos os conteúdos que definiste no primeiro.
Se eu quero ter um blog de culinária posso eleger como conteúdo principal do blog as minhas receitas, e posso ter uma segunda página onde publico ingredientes  que ache maravilhosos, e indispensáveis aos meus pratos, com as suas principais características.

3.Inspira-te!

Depois de teres tudo definido, e para encontrares agora uma linguagem gráfica, vem a parte mais divertida, a inspiração! Podemos ver blogues e mais blogues inspiradores, podemos folhear revistas e fazer recortes, escolher uma paleta de cores, sair e tirar fotografias ao cão da vizinha e aí até perceber que as pintas do bicho têm tudo a ver com as bolachas com pepitas de chocolate que costumamos fazer! Recolhe o máximo de informação em toda essa pesquisa para daí fazeres uma bela sopa e retirares aquilo que para ti tiver mais impacto. Agrupa as coisas e cria o teu moodboard. Este serve como guia para o próximo passo.

4. Dedica muito tempo à comunicação visual

Não faças tudo isto na noite de sexta-feira só para poderes inaugurar a “loja” no sábado. Faz tudo com calma, dedica tempo ao trabalho. Faz muitas pausas e afasta-te dele para depois voltares à carga e teres a capacidade de o ver com outros olhos, de perceber as falhas e os pontos fortes, e afinar cada vez mais o aspecto dele até ficar bem feito e sentires que deste o teu melhor.
Se o teu blog tem objectivos comerciais, contrata um designer. Acredita que o valor investido num bom profissional virá parar aos teus bolsos mais cedo do que possas pensar.

5. Envia o link aos teus amigos!

Antes de publicares o que quer que seja, usa e abusa dos teus amigos e pede-lhes que visitem o blog e naveguem na página para perceberes se está ou não funcional e bem arrumada.  Os teus amigos são como os visitantes que vais ter no blog, por isso são a melhor resposta que podes ter.

6. Publica!

Depois de tudo isto, só tens de clicar no publish, e repetir o ponto 3 todos os dias!
Inspira-te, e sê uma inspiração para os outros. Continua apaixonado pelo que gostas de fazer e mostra isso a quem te visitar.
Bom trabalho, e envia-nos o teu link, vamos adorar conhecer-te! 🙂

Beijinhos e abraços,
Raquel&Fred
WeBlogYou

7 respostas

  1. Sigo as vossas dicas há já algum tempo, mas não sou propriamente iluminada nestas andanças. Criei o blogue e muitas das alterações ao básico ó foram possíveis graças a vós. Obrigado.
    Hoje voltei cá porque alterei a imagem do cabeçalho e ficou "curta", acho que já li por cá como escolher o formato correcto mas hoje não encontrei… Vou continuar a procurar.
    Deixo o link para o meu cantinho: http://escreverfotografarsonhar.blogspot.pt/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.