Todos nós já nos perdemos pelo pinterest, a saltar de foto em foto a babar por imagens lindas, que nos inspiram, que nos levam para outros lugares e põem a nossa imaginação a funcionar. No We Blog You, nós achamos que o que torna uma fotografia realmente boa é isso mesmo, deixar quem a vê a sonhar e a única maneira de fazer isto é aprender a contar histórias com imagens.
Vamos dar-vos 3 dicas para as vossas fotografias se tornarem autênticos contos de fadas.

1. Disparar com sentido.
Estamos na era digital, da camara fotográfica ao telemóvel, tudo capta e regista imagens. É muito fácil disparar sem sentido, captar imagens só porque sim, porque é fácil, rápido e não custa dinheiro a revelar (como com as camaras analógicas).
Antes de fotografarem pensem no que querem dizer, que mensagem querem passar a quem as vai ver. Depois de decidirem qual é o objectivo da vossa fotografia, aí sim, disparem vezes sem conta até terem a fotografia perfeita.

2. Componham-se!
Há momentos que são impossíveis de serem recriados e esses devem ser captados naquele segundo. No entanto, a maioria das fotografias não acontecem assim, nós temos controlo sobre o objecto da fotografia, sobre o fundo, sobre o enquadramento, sobre tudo… Por isso, criem a vossa fotografia, olhem para ela e percebam o que não vos parece no sítio. Vejam se não têm uma pilha de roupa por lavar no fundo da foto :p (já escrevemos um post sobre fundos aqui). É que basta um só elemento fora do sítio para a história da vossa fotografia ser completamente diferente.

3. Detalhes, detalhes, detalhes.
Sabem quando vos tiram uma foto e vocês pensam “eu estou com estas olheiras?”. Isto acontece porque quando olhamos para alguém, ou para nós ao espelho, nós só nos concentramos numa porção da imagem, em detalhes portanto. Quando vemos uma fotografia, conseguimos ver a imagem toda de uma só vez. O mesmo acontece com o resto dos objectos, por isso é muito fácil contar uma história mostrando apenas os detalhes. Pegando no exemplo de uma pessoa, mostrando os detalhes do que veste, da maneira como coloca as mãos em cima da mesa, como cruza as pernas, como prende o cabelo, como se ri, tornam a imagem muito mais real do que um retrato geral e normal de uma pessoa, isto porque se aproxima do que vemos na realidade. Conseguimos imaginar de onde a pessoa vem, o que faz, o que vai fazer, conseguimos sentir texturas, sentir sabores e quase que ouvimos sons.


Lembrem-se, se não contar uma história ou servir um propósito é vazio, sem sentido e por isso não é interessante para quem vê. Agora vão lá aplicar isto tudo e mostrem-nos os vossos contos de fadas 🙂

8 respostas

  1. gostei muito do post… eu sempre fui um zero a tirar fotografias, tirava porque sim e nem reparava no que estava no fundo ou ao lado, com o tempo comecei a conhecer blogs e instagram com fotografias espectaculares, aos poucos e poucos tenho-me inspirado e já consigo modificar alguns erros! é um vício 🙂

Responder a Joana Isabel Duarte Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.