Já toda gente sabe que somos apologistas de “para fazermos coisas bonitas há que nos rodear de coisas bonitas”.  Tínhamos mostrado as ilustrações agora queremos mostrar-vos coisas que andamos a fazer em casa e que podem dar ideias a quem andar cheio de vontade de fazer o mesmo. São várias as vezes que deixamos de fazer coisas porque fica muito caro, ou por não haver tempo, e por isso mesmo decidimos falar-vos destas coisas, porque nem custaram muito dinheiro nem nos fizeram perder muito tempo.
Este móvel custou 20€ e como tem uma força enorme deu logo outro ar à sala. Vejam o antes e o depois e mais pormenores sobre o processo.

Cá em casa a cozinha é muito pequena e fazia mesmo falta um móvel que, para além de dar um ar novo à sala, conseguisse ter arrumação para loiças. São várias as vezes que vamos a lojas de segunda mão cá no Porto, algumas delas com associações por detrás, e já foram algumas as compras que fizemos assim. As coisas são baratas e se estiverem em bom estado, o que acontece quase sempre, conseguimos facilmente dar-lhes uma nova vida. Este móvel foi amor à primeira vista. Foi comprado no Emaús, na rua da Boavista e custou 20€. Custava 25 mas como vinha já sem o vidro do meio, fizeram um desconto simpático. O segredo é perceberem se cumpre a função que procuram e depois puxar pela imaginação e conseguir ver nele o potencial que verdadeiramente tem. Esta parte nem sempre é fácil para todas as pessoas mas com a prática toda a gente começa a ter uma sensibilidade diferente para as coisas. Como o investimento não é grande se falharem também não há grande drama e podem sempre voltar a vender.

Depois foi só escolher a cor num catálogo, já ia muito bem pensada de casa, e trazer a tinta para casa. Se forem a uma loja de tintas eles conseguem fazer qualquer cor que queiram e esta lata pequena, que pintou todo o móvel, custou apenas 7€. É tinta à base de água, o que é melhor para não andarmos com diluentes e afins a lavar pincéis, e também tem um cheiro muito menos agressivo. Também podem escolher com brilho ou mate.
Antes de ser pintado, o móvel não foi passado nenhum outro produto, foi apenas lavado com água quente para tirar qualquer tipo de gordura que pudesse ter. Uma amiga já tinha feito o mesmo e por aqui também se fez assim, sem grandes preocupações, se não corresse bem resolvia-se depois. O tempo nunca é muito e o dinheiro para investir também não, por isso queríamos mesmo ver o que conseguíamos fazer com poucos recursos.

Foram precisas duas de mão, e foram usados dois pincéis, cerca de 1€ cada. O móvel foi pintado já no sítio onde ficou e sem grandes estragos à volta. Foi mesmo fácil e se forem um bocadinho cuidadosos conseguirão fazer o mesmo.

O resultado final já viram lá em cima. O ar pesado do móvel castanho já cá não está. A sala ficou muito luminosa e as loiças têm casa nova! Nós, quanto mais nos aventuramos mais vontade temos de fazer coisas novas. Como viram, toda a brincadeira nem chegou as 30€ e ainda nos sobrou meia lata de tinta.

Lojas destas andam por aí a cada esquina, passeiem pela vossa cidade e descubram-nas. Gastamos menos e o desperdício é também muito menor. Quando andarem nestas aventuras não se esqueçam de apontar todos os defeitos que encontrarem na peça, ou então correm o risco de não fazer uma compra assim tão boa. Este móvel por exemplo, tem em falta a prateleira de vidro que existia no meio, e por isso pedimos um desconto já que a vamos ter de mandar fazer.
Esperamos ter-vos deixado com vontade de fazer coisas bonitas aí por casa!

31 respostas

  1. Se não for ousadia, pode sugerir alguns armazéns que conheça no Porto? Adoro este género de móveis restaurados, mas não tenho encontrado a tão bons preços como neste caso.
    Obrigada e excelente trabalho.

  2. Acabei de morrer de amores 🙂 Também eu ando sempre a inventar e a aproveitar e reutilizar tudo e mais alguma coisa… a crise tem destas coisas (boas a meu ver) e o gosto pelo artesanato e pelas artes decorativas impulsionam a vontade e a ação 😉
    Essa cor é um espanto, adoro simplesmente! Bom trabalho, ficou fantástico 🙂
    Beijinhos,

    Vânia

  3. Adoro este movel, muito anos 60 ou 70, retro style! Eu ja nem me lembro da ultima vez q comprei um movel novo, vou sempre a lojas de segunda mao, as vezes temos grandes achados. Tb ja encontrei mini moveis no lixo em bom estado mas por serem castanhos estao a pedir uma corzinha

  4. Adoro este tema! Sou fã de fazer pequenas mudanças na casa pela menor quantia possível. Tenho bastante criatividade, por isso não é difícil. O móvel ficou ainda mais maravilhoso com a nova pintura! Que boa e bem-vinda inspiração. É por isso que adoro vir cá! 😀

    http://www.joanofjuly.com

  5. No meu caso o remake ficaria apenas pelo preço da lata de tinta. Herdei da minha avó uma "cristaleira" igualzinha a essa, puxadores e tudo! Quando quiser redecorar a casa de campo que herdei dos meus avós, já sei que lhe hei-de fazer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.