aqui falámos da possibilidade de criarmos páginas estáticas no blog, e já se tornou comum encontrarmos uma página Sobre na maioria dos blogs. Este post é, por isso, dedicado a todos aqueles que ainda não o fizeram, ou que ainda não dedicaram a máxima atenção a esta página. Como criar uma página sobre, no blogger, e como fazê-lo bem.

Para perceberem a importância dela basta pensarem em vocês mesmos enquanto leitores de outros blogs. Nós,  se gostamos de um blog a primeira coisa que vamos fazer, logo depois de termos lido um post interessante, é saltar para a página sobre e tentar perceber quem escreve por ali. Por esse motivo é importante aproveitar este espaço para colocarmos informações importantes.

Em baixo temos as 10 dicas para uma página sobre interessante e funcional

1. Escreve sobre ti e sobre a tua história.
Assim o leitor vai conhecer mais de ti, vai criar empatia e talvez identificar-se contigo. Nós somos a soma das nossas histórias e por isso elas dizem muito acerca de nós.

2. Descreve o teu blog e esclarece o teu leitor sobre aquilo que pode ali encontrar e o que tens para lhe oferecer.
É importante que consigas resumir o tema, ou temas, do teu blog. Mais importante ainda é identificar que coisas ofereces tu a quem te visita. Por ofertas não estamos a falar de giveaways, mas sim de coisas que os leitores podem aprender contigo ou levar de ti quando te lêem. Já aqui falámos da partilha várias vezes e achamos mesmo que é dos aspectos mais positivos da blogosfera e que deve ser sempre lembrado.

3. Conta-nos porquê e em que momento da tua vida o blog começou.
Isto é importante para nos situarmos no tempo e percebermos a importância que o blog teve na tua vida. Pode ter sido num momento de mudança, um ponto de viragem ou noutra situação marcante. Vamos conhecer-te melhor e perceber as tuas intenções se soubermos quando e porquê que começaste a escrever e a partilhar coisas no blog.

4. Escreve de forma amigável.
Falar sobre ti e sobre a tua história é uma coisa muito pessoal e o objectivo é criares proximidade com quem te lê. Por esse motivo um discurso formal ou distante não faz aqui grande sentido.
Queres criar empatia com o teu público e por isso o discurso deve ser próximo e deves imaginar que estás a conversar com amigos enquanto tomas um café. Se adicionares humor a esta conversa ainda será melhor.

5. Publica uma fotografia tua.
Apesar de haver quem não se sinta confortável com isto, é natural que em qualquer situação se queira conhecer o rosto por detrás de qualquer projecto. Por isso, pensem que também vocês gostam de ver caras e perceber que existem pessoas reais que escrevem aquelas palavras.
Estas fotografias também devem ser naturais e devem dizer muito sobre vocês. Podem aproveitar para mostrar o local onde escrevem ou objectos que são especiais e que têm significado para vocês.
Se são daquelas pessoas que não se sentem confortáveis em mostrar o rosto, lembrem-se que as vossas mãos ou os vossos pés também são vocês, e que se calhar os sapatinhos que estão a calçar até dizem muito sobre aquilo que vocês são.

6. Usa formas diferentes para contar a tua história, pode ser um vídeo ou uma colagem.
Se encontrarem formas gráficas diferentes para contar mais qualquer coisa sobre vocês, tanto melhor. Sejam criativos e acima de tudo divirtam-se! O blog é o espaço onde vocês podem e devem ser vocês mesmos, e onde se devem divertir e fazer coisas que vos dão mesmo prazer.

Esperamos que estas dicas vos ajudem e que corram já para o backoffice do blogger para fazerem alterações à vossa página 🙂

9 respostas

  1. No decorrer das minhas pesquisas tive a sorte do vos encontrar! Este é um mundo completamente novo para mim e ao "ler-vos" fiquei ainda com mais vontade de avançar! Utilizam uma linguagem simples e acessível, e com temas muito interessantes e bastante úteis! Muito obrigada por partilharem! Força e continuação de um bom trabalho! Filipa Nobre *

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.