Eu sempre gostei de fazer anos, é uma altura perfeita celebrar a vida com os amigos e com a família. É também uma altura de balanços de meio do ano (fazer anos em Julho ajuda). Passaram quase 6 anos desde que vim para o Porto, com o plano de trabalhar por cá um ano e fugir para terras fora de Portugal. A cidade roubou-me os olhos, as pessoas o coração e não me consigo imaginar a viver noutro sítio. Somos 7 biliões de pessoas na terra, 10 milhões em Portugal e eu sou um felizardo em ter encontrado as minhas pessoas tão cedo na vida. Também foi aqui que batalhei muito para ter um emprego que me deixa feliz e consegui criá-lo, com a ajuda da querida sócia. Claro que há muitas coisas menos boas mas eu gosto de me concentrar naquelas pelas quais tenho de ser grato e que merecem ser celebradas e há tantas!

Este ano fiz anos a um Domingo. Por isso, no sábado à noite juntei amigos em casa (para fugir aos restaurantes confusos), cozinhei para todos e ainda cumpri o objectivo de fazer o meu próprio bolo de aniversário. Lá mais para o final da semana falo-vos mais deste bolo, mostro-vos a receita e ainda vos digo porque queria tanto ser eu a fazer o bolo. Foi uma festa só com as pessoas mais próximas, onde tive tempo de conversar com toda gente, de rir, de dançar e até a charadas tivemos direito. Recebi presentes bonitos e dormi de coração cheio. Obrigado, pessoas bonitas, pela festa boa ❤

O meu domingo começou com o pequeno-almoço na rua, calmo e sozinho, tal como eu gosto. Seguido de uma viagem até Coimbra, para estar com a família. Este ano, juntaram-se muitas celebrações e acabou por ser uma reunião de família maior do que esperava. Aconteceram as festas da cidade, eu fazia anos e Portugal jogou, e ganhou, a final do Europeu. Em suma, muita gritaria, muitas emoções e muitos sorrisos. O meu dia acabou na feira popular a andar em diversões com os meus sobrinhos.


Sinto que a festa só vai acabar com este post, onde celebro as coisas boas da minha vida convosco, que apesar de não conhecer todas as vossas caras e nomes, sinto que fazem parte do lado feliz e bonito do meus dias. Os vossos comentários enchem-me o coração e, quando partilham as vossas histórias comigo, fazem-me sentir a pessoa mais sortuda do mundo. Muito obrigado a todos vocês (imaginem-me de copo no ar, a brindar convosco ❤ ).

Beijinhos e abraços,
Fred*

7 respostas

  1. Muitos parabéns Fred! Continua assim, o mundo precisa de mais pessoas como tu. Não te conheço pessoalmente mas sigo o blog e é quase como se conhecesse! Adoro o vosso blog, é muito inspirador ver e ler o que vocês fazem, lêem, dizem (vocês são inspiradores!)… E obrigada por todas as dicas e conselhos fantásticos, que tanto ajudam quem está deste lado. Raramente comento; hoje foi o dia!…

Responder a Comida de conforto Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.